quinta-feira, 10 de abril de 2008

Fontes Romanas, fontes de chafurdo. Encartadas, no entanto ameaçadas.




É claro que as populações são os primeiros agentes da conservação, como têm sido até hoje. No entanto se o poder mais próximo destas populações (Autarquias) não colaborarem, estas fontes de chafurdo, como esta a "Fonte Perto" do Zambujal em cuja nascente os "Romanos" já saciaram a sede há mais mil anos podem desaparecer, como aconteceu com a "Fonte Má" e pode vir a acontecer com a "Fonte dos Rodelos".

E ainda há quem diga que "era preciso que o concelho tivesse petróleo", para que houvesse meios para se fazer o que se deseja... Tratemos bem este "petróleo" sem cor, límpido e sem gosto. Evitemos que a sua unidade molecular (H2O) se altere com quaisquer aditivos e aí teremos o nosso petróleo do futuro...

O provérbio: - "A água rega, o Sol cria."

2 comentários:

Rosi Gouvea disse...

Sentir é criar. Sentir é pensar sem ideias, e por isso sentir é compreender, visto que o universo não tem ideias.

Fernando Pessoa

Estou sempre por aqui... Admirando, aprendendo e me surpreendendo!

Encantada!!

Doces beijos

Carlos Rebola disse...

Obrigado Rosi
Pela visita e pelo Pessoa.
Bom fim de Semana
Beijos
Carlos Rebola