sexta-feira, 16 de maio de 2008

Algumas flores dum "Jardim Gandarês"



O amigo Manel no seu Blog, nomeou, com saber e conhecimento, de "Jardim Gandarês", o que normalmente se chama de horta, quintal ou tão somente canteiro (alfobre), porque gostei que ao quintal o amigo Manel do Escoural, chamasse "Jardim Gandarês", procurei nele as flores que caracterizam e embelezam um jardim, "um jardim sem flores..." provando a justeza da nomeação, encontrei algumas flores (muitas mais haverá) no "Jardim Gandarês". E bem belas que partilho convosco, parece-me interessante o facto de poucas vezes reparar-mos na beleza que produz o nosso alimento.


Obrigado Manel, puseste-me a olhar de outra maneira o "couvenheiro".




A preparação do "Jardim Gandarês"


Num Jardim Gandarês, também floresce a paixão "Passiflora edulis"





Esta Flor dá a Ervilha "Pisum sativum (Fabaceae)"







Esta flor dá a Fava "Vicia faba"





Flor da couve (grelo) "Cynara Scolymus "





Flor do nabo (grelo) "Brasica rapa"




Esta flor dá a Laranja "Citrus sinensis"





Esta flor dá o Tomate "Lycopersicum esculentum"






Esta flor dá o Pepino "Cucumis sativus"






A flor da cebola "Allium cepa L."

Esta flor dá o Chícharo "Lathyrus cicera L."



Esta flor dá a Azeitona "Olea europaea"

Esta flor dá o Feijão "Phaseolus vulgaris L."



Esta flor dá a Pêra "Prunus communis"




Flor da Salsa "Petroselinum crispum"




Esta flor dá o Morango "Fragaria Vesca"





Flor da Batateira "Solanum tuberosum"



Num canto escondido estão as jóias, brincos de princesa, "Fuchsia magellanicase"


Vale a pena estarmos atentos às maravilhas, que antecedem os nossos gastronómicos prazeres.


Muito mais a descobrir...

(Os meus agrdecimentos a Fernanda Ferreira, José Ferreira, Teresa Pereira e Lurdes Rebola que tratam dos "Jardins" donde tirei as imagens.)

Bom Fim de Semana a todos os visitantes e amigos.




O provérbio:- "A beleza está nos olhos de quem a vê."

13 comentários:

Carminda Pinho disse...

A verdade é que nunca me tinha lembrado de admirar todas essas flores e, muito menos fotografar
A verdade também, é que quem vive na capital não tem tanta possibilidade de de ficar sensível a todas estas maravilhas que aqui nos mostras.
Obrigada pela partilha.
Obrigada pela visita.

PS:- Apesar de ter nascido perto de Cantanhede (Mogofores) vim para
Lisboa, ainda não andava sequer.:)))

jorgeguerra disse...

Admirei bastante as magníficas fotografias das flores. E a expressão do apêgo à terra daquela Senhora; oxalá nunca se perca este nosso desejo por revolver a terra, o torrão da nossa casa, o nosso quintal e jardim.
A sua página é muito interessante, parabéns!

advheleno disse...

O GANDRÊS (http://advgandares.blogspot.com/) gostou, porque quem não gosta de flores. Só que o FERROADA não está aí para mostrar flores domésticas.
...São as flores de S. Gião...

Sifrónio disse...

Os "afortunados" que moram no campo têm esta sorte. Às vezes falha a Internet (a banda larga é uma miragem e o 3G não se sabe o que é) falha a rede de telemóvel falham as promessas dos autarcas, mas em compensação há estas flores maravilhosas! A que mais gostei foi a do chícharo. Aposto que há muita gente que não sabe o que é! Mas eu sei! Comi chícharos em pequeno cozinhados pela minha avó paterna. E a flor da ervilha? Que cheirinho! Mas por agora "vamos à fava enquanto a ervilha não enche".

xistosa disse...

O que conseguimos "FIXAR" aqui.
Não sou um expert em produtos vulgares, mas acredite que não conhecia a flor do pepino.
Depois de a ver, lembrei-me que nem tudo conseguimos recordar, mas esta foi uma novidade.
Tenho um pequeno quintal e dedico-me a ervas aromáticas.
Passo as "passas" do Algarve, com os meus pimentos "padron", (padrão).
Porque a manjerona, segurelha, morreu e agora parece que está a ressuscitar, oregãos, coentros, hortelã, tomilho, alfazema e mais uma ou outra, como o cebolinho e o alecrim.
Como gosto de cozinhar, gosto de ter os temperos, apesar de serem em pequena quantidade e normalmente só serem para vista.

Matei saudades de algumas "flores" que já não via há muito.

Obrigado por este momento.

Arsénio Mota disse...

Na verdade, o FERROADA é um jardim! Alimenta-nos os olhos e abre-nos para tantas belezas naturais que, nem por serem negligenciadas, são menos belas e marcantes!
Parabéns! E continue, amigo Carlos!

Carlos Rebola disse...

Abraço
Carlos Rebola

Olá Carminda Pinho

Pois é Carminda o bulício da vida o "stress" o "corre corre" sem saber para onde, faz de nós pessoas distraídas da beleza da terra e até do céu.

Carminda fico satisfeito pelas tuas raízes nesta região linda da Bairrada praticamente somos conterrâneos, o chão regional é o mesmo .
Obrigado pela visita.

Abraço
Carlos Rebola

Carlos Rebola disse...

Caro Jorgeguerra

Obrigado pela visita.
Uma vez que temos esta oportunidade de expressarmos as nossas ideias, de satisfação ou preocupação, devemos aproveitá-la.

Gosto do "Levadias" e visito no virtual e no terreno com prazer e sentido de observação.

Obrigado Jorge um abraço
Carlos Rebola

Carlos Rebola disse...

Amigo Heleno

Obrigado pela visita e observação.
O Gião estará sempre presente, no entanto receio cair, naquilo que pode ser conotado, com obsessão.

Um abraço
Carlos Rebola

Carlos Rebola disse...

Caro Sifrónio

O chícharo é uma leguminosa de sequeiro, bem adaptada ao nosso terreno, que já foi uma grande fonte de proteína alimentar das nossas gentes.
Já há para aí umas confrarias do chícharo. Até pode vir a ser estudado e trazer surpresas.

Obrigado pela visita.
Um abraço

Carlos Rebola disse...

Amigo Xistosa

Também já não sei se é o pepino dá flor se é a flor que dá o pepino, no entanto penso que um "pepino" com flor deve ser mau sinal...
As aromáticas, que o amigo Xistosa, cultiva são uma das coisas que se deveriam vulgarizar e usar na nossa culinária, os bons gostos e aromas devem ser distribuídos em abundância.

Obrigado bons petiscos e um abraço
Carlos rebola

Carlos Rebola disse...

Amigo Arsénio Mota

Um abraço e obrigado pelo seu agradável comentário. Continuarei a fazer do “Ferroada” um jardim que fará jus à diversidade, com um único objectivo, exercer cidadania do meu jeito, assim.

Um abraço
Carlos Rebola

Farol disse...

Ola Carlos agradeço a tua visita. Tenho de ca voltar com mais tempo, pois tens muito para eu ler; a saudade e o bom dos tempos antigos, etc..
Descobri o nome duma flor que tenho numa galeria de fotografias "Passiflora edulis" - obrigado

Beijinho e boa semana