quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

O Carro de Mão


O Ti Olímpio Joaquim, a pessoa mais idosa da aldeia, 88 anos, carpinteiro, tanoeiro e agricultor faz os seus próprios utensílios do material que sempre trabalhou durante a vida, a madeira, como por exemplo este carro de mão que ainda se encontra no activo como o seu construtor. Longa vida ao nosso carpinteiro, construtor de dornas, balseiros, pipas, mesas, bancos, cadeiras, cangalhas, camas, arados, grades e carros de mão, enfim, criador de qualidade de vida para as pessoas do Zambujal rural.

O Provérbio: - "Do trabalho e da experiência, aprendeu o homem a ciência"
Posted by Picasa

7 comentários:

São disse...

Abençoado seja o fotografado e quem o divulgou também.
Boa noite.

o que me vier à real gana disse...

Boa noite, caro Carlos!

Já gosto ver vetustos seres humanos como o k homenageia. Tanta actividade ainda, depois de uma longa vida certamente eivada de cansaços e privações.

Longa vida ao Ti Olímpio!

Abraço

arsenio disse...

Caro amigo:

Algo está a acabar com o ti Olímpio, isto é, com a sua idade. É isso: homens capazes de fabricar tantos dos seus instrumentos de trabalho. Lembro: muitas crianças já nem sabem fazem uma conta sem calculadora e corremos todos a comprar tudo feito... e fico cheio de melancolia...
Abraço cordial.

BOTINHAS disse...

Amigão
Parabéns! Não foste o primeiro.(o Daniel é o camisola amarela) mas estás muito bem colocado para te habilitares ao prémio.

Vou pensar num prémio bem bacana para as ...(xis) primeiras visitas.

Vai estando com atenção, que um dia deste ponho-o em exposição.

Bom domingo, e obrigado pela forcinha.

Abraço fraterno
Botinhas

xistosa - (josé torres) disse...

Amigo carlos rebola

Gosto vir aqui, ao seu quintal ou quinteiro.

Consegue dar vida ao que os olhos de muitos nem sequer passam.

Talvez só os "mais gastos" aind dão valor ao que havia no nosso tempo.
Agora está tudo feito e inventado ... só falta inventar o que ainda não existe ...

Eu dou valor a isto, porque tive um avô que aos 90 anos fazia as suas ferramentas e à sua medida.
Ou à medida de poupar algum físico para fazer os trabalhos campestres.

Agora só é necessário ter dinheiro ...

Que mundo tão materialista!!!

Já descobri o mal ...

Não tenho paciência para nada ... mas ...

Olhe, um bom fim de semana.

Táxi Pluvioso disse...

Épá o carro de mão. Quando acabaram estes utensílios os lusos cederam à natural preguiça.

eugénia disse...

Olá, precisava de um carro de mão destes, será que podia me informar o preço e se poderia encomendar um?
DEIXO ÁQUI MEU MAIL:
quinha1965@gmail.com