sábado, 29 de novembro de 2008

Isolamento térmico do salão da ACRZ

A Associação Cultural e Recreativa do Zambujal iniciou os trabalhos de isolamento exterior do seu salão.
Após de cerca de 15 anos de luta para a aquisição dos terrenos que eram usufruídos pela população na prática de desportos e realização de festas os sócios da ACRZ iniciaram as obras do salão polivalente que actualmente já é utilizado para eventos sócio culturais. Mas apesar da contribuição monetária e de mão de obra dos sócios e amigos, a obra ainda não está terminada mas continua ao ritmo da disponibilidade financeira da Direcção.






Quando este isolamento estiver pronto, pelo trabalho duma empresa deste tipo de obra em que os empresários são todos sócios da Associação, as instalações adquirem melhores condições de comodidade.
Apesar da ajuda sempre bem vinda das autarquias estas têm sido insuficientes para concluir esta obra que estará ao serviço das populações quando terminada.


As populações sempre souberam, como melhorar a sua qualidade de vida, apesar de muitas vezes, as condições serem adversas continuam a labutar para criarem condições favoráveis.

O Provérbio: - O Provérbio: - "Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura"


Posted by Picasa

5 comentários:

xistosa - (josé torres) disse...

Amigo Carlos Rebola

Voltei para uns tempos, depois vou à faca.
Fazer um bypass.
A vida rola mansamente e de repente o mundo abate-se sobre nós, sem nos avisar.
Mas para ter "qualidade de vida", (onde é que já ouvi isto, centenas de vezes), vou cumprir com o que me pediu o m/filho e o que diz o m/cardiologista.
Mas tudo já passou e agora só fico com a recordação duma prova de esforço que me atirou para um cateterismo e mais tarde, se chegar lá para umas facadas.

Aposto que a ACRZ tem lá um dedo do meu amigo, para ser modesto.
Porque tenho a certeza que se embrenhou de corpo e alma.

Tanto mais que "sem querer", fui encontrar na net, uns documentos seus em "Zambujal Cadima ACRZ".

Andava á procura, nem sei bem do quê, quando deparo com outro blog seu, que estive a passar a pente fino.

E lá fala-se grosso!

Vou voltar, mas primeiro tenho que fazer um périplo pelos meus visitantes.

Mas já vi que que o sangue lhe corre nas veias com mais velocidade do que o normal ...

Até já!

fotógrafa disse...

Cheguei com o frio,o vento e a chuva,
Bateu a saudade,
E fiquei mais amiga que nunca…

Abraço e bom feriado!

Sifrónio disse...

Conheço a obra e digo com sinceridade: obrigado Carlos! Sem o teu empenhamento nada disto teria sido possível!

Quem o conhece sabe que estas palavras são poucas para elogiar a grandeza do Homem que é o Carlos Rebola. Além disso é possuidor de qualidades que, infelizmente, rareiam actualmente: honestidade e integridade.

Mais uma vez, obrigado Rebola.

Um abraço.

xistosa - (josé torres) disse...

Não costumo enganar-me e ainda bem.
O pensamento que tinha só foi reforçado, com o que escreveu o s/visitante "Sifrónio".

Passei para ver "se a obra estava pronta".

Uma boa semana.

Táxi Pluvioso disse...

Na minha idade um banco de jardim é suficiente. Velho para luxos. bfds